USP RIBEIRÃO É OCUPADA E A BRIGADA MORALISTA ATACA


Será que veremos uma dessas daqui um tempo?

Visto que minha vida acadêmica anda mais para leituras solitárias e trabalho do que confraternizações sensacionais na universidade, tenho lido algumas coisas sobre a recente ocupação da prefeitura do campus da USP de ribeirão preto e fico impressionado como a mídia e blogs andam pensando e propagando.

Um pouco da história: No primeiro ano da faculdade toda semana tínhamos uma festa organizada pelos próprios estudantes. Vendiam-se cervejas na própria cantina, e isso fazia com que várias pessoas se reunissem em torno das mesas para conversar e não apenas preencher listas de presença em aulas nem sempre aproveitáveis. Desde então, paulatinamente, essas festas, essas confraternizações foram sendo tolhidas por normas cuja concordância não era plena e careciam de um fundamento mais amplo.

O fundamento que queria colocar aqui, e que poderia ter sido levado em conta quando da proibição das festas e é claro das bebidas alcoólicas, é que todo grupo humano necessita de encontros, do contato com o outro. A faculdade não é apenas um local onde assistimos aulas, são locais onde ampliamos nossa rede de contatos sociais e aprendemos muitas coisas como, por exemplo, organizar um evento – desde festas psicodélicas, torneios esportivos e semanas estudantis – que exigem uma grande capacidade de organização e muita boa vontade. Mas isso tudo passa despercebido por parte dos coordenadores, pois isso forma o currículo oculto dos estudantes mesmo sendo de fundamental importância para a formação pessoal e emocional dos alunos. Eu tenho trabalhado e pensado em divulgação cientifica, e um dos problemas é que a universidade fecha suas portas para a população. Eu nunca vi a USP tão cheia e “popular” quando das festas noturnas que frequentava quando calouro. Lá fora dos muros existe sexo, drogas e etc? Para dentro também há de existir.

Vejo a associação ingênua entre a imagem dos alunos universitários e a imagem de fanfarrões estúpidos e vazios, porque há na realidade uma áurea de moralismo pairando sobre o Brasil em que a proibição e a regulamentação dos costumes voltam a ser cogitadas como os meios mais eficientes de manutenção da ordem, seja lá qual for. E o pior é que muitos não percebem uma ditadura silenciosa se instaurando pouco a pouco.

One Very Important Thought

Boards Of Canada

Now that the show is over, And we have jointly exercised our constitutional rights, We would like to leave you with one very important thought. sometime in the future,You may have the opportunity to serve as a juror in a so-called obscenity case. It would be wise to remember that the same people who would stop you from viewing an adult film may be back next year to complain about a book, Or even a tv program. If you can be told what you can see or read, Then it follows that you can be told what to say or think. defend your constitutionally protected rights.

No one else will do it for you.

Thank you.

Luis Fernando Scozzafave de Souza-Pinto

Psicanalista e Psicobiólogo, membro da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática – ABMP

luisfernandossp@gmail.com / www.sinapseoculta.blogspot.com

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s