Psicanalista ou psicólogo? – 2


O LEITOR PERGUNTA

Oi Luis, eu sou formada em cinema e gostaria de trabalhar com psicologia, na área do atendimento clínico. Entretanto, não sei se teria condições de prestar uma nova faculdade. Quando li o seu comentário: “Você pode se formar em “qualquer coisa” e ser psicanalista sim, em tese, porque não há regulamentação da psicanálise no Brasil e em nenhum lugar do mundo.” – fiquei bastante animada pois acredito que consigo construir um caminho autodidata e de responsabilidade para com meus pacientes.
Mas a seguinte passagem do seu post me confundiu: “O psicólogo é um sujeito que faz 5 anos de curso integral e recebe um diploma e possui um número CRP”. Você poderia esclarecer este ponto para mim? 1. É preciso ter um diploma em Psicologia, afinal? 2. Se for preciso, os 5 anos de análise pessoal que já fiz no passado seriam válidos para minha formação ou eu teria que fazer mais 4 anos durante o período da Faculdade? 3. Se não for preciso o diploma, como faço para adquirir um número CRP? Muitíssimo obrigada!

(texto enviado pelo leitor, sem modificações)

clique aqui!

SINAPSE OCULTA RESPONDE

Olá ,
Com formação em cinema pode com certeza contribuir bastante. Você pode ver que muitas escolas de psicanálise mantém algum projeto vinculando cinema e psicanálise.
_
(1) Bom, você perguntou se é preciso ter diploma de psicólogo para atender pacientes na clínica.
A resposta é não. Para atender como psicanalista você precisa fazer um curso de formação, que é praticamente outra faculdade (4 anos no mínimo de estudo teórico, análise pessoal e, depois que você começar a atender, muitas horas de supervisão clinica com um supervisor da escola). As escolas de psicanalise se constituem como grupos independentes do governo do país, por isso não são chamadas de faculdades ou universidades, e seus cursos não se enquadram em graduação e tão pouco pos-graduação. É simplesmente e efetivamente um curso de formação em psicanalise, sem reconhecimento oficial pelo governo brasileiro (e como já disse, em quase nenhum lugar do mundo)
_
(2) Para atender como psicanalista as regras são mais rígidas do que com os psicólogos. Para você atender como psicólogo, basta entrar numa faculdade reconhecida pelo MEC, se formar (4 ou 5 anos), obter um CRP e começar a atender. Não há necessidade de você ter feito terapia ou análise para atender como psicólogo. Na psicanalise, o caminho é um pouco mais árduo como te disse, mas com certeza seus 5 anos de analise vão fazer diferença na formação. Se você iniciar a formação vai perceber que não dá para fazer o curso sem fazer análise pessoal, sobretudo quando começar a atender. Você talvez perceba, espero, que a psicanálise, além de uma bela profissão, tem um aspecto intoxicante para o analista. Você vai precisar fazer analise sim, durante os anos de formação porque isso faz parte do processo, ok?
_
(3) CRP é um sigla. Significa “Conselho Regional de Psicologia”. Esse conselho regulamenta a psicologia como profissão em cada região ou estado brasileiro. Tem estatuto, regras, normas etc., e é submetido ao Conselho Federal de Psicologia (http://www.pol.org.br). Para conseguir o seu número de CRP, você deve ser formada em psicologia em alguma faculdade reconhecida pelo MEC.
Espero ter ajudado!!
Um Abraço
Anúncios

21 comentários

  1. Olá! eu sou Bruna, curso letras Português na Universidade Estadual da Paraíba,onde venho tendo contato com a psicanálise.Eu entrei no curso confusa sem saber qual a minha vocação, e agora descobri é ser psicanálista.
    Desde a minha infância eu me diferenciava das outras crianças,sempre estava analisando tudo e todos que estavam ao meu redor.Procurando entender a raiz dos problemas das pessoas e sempre encontrando soluções que estavam tão claras e elas não percebiam, mas nunca consegui achar soluções para os meus problemas ,e depois de conhecer as teorias de Freud estou conseguindo me encontrar. Depois que concluir meu curso pretendo estudar Psicanálise e ajudar as pessoas a também encontrarem soluções para seus conflitos.

    Curtir

  2. Gostaria de saber o que devo fazer? que caminhos seguir para me tornar psicanalista após terminar meu curso de letras.Qual o local mais próximo da Paraíba ou do Pernambuco para realizar o curso de Psicanálise?

    Curtir

    1. Olá Bruna,

      Que bom que as coisas estão se definindo para você. Pode ter certeza que a psicanálise é um caminho bastante interessante para quem “quer se encontrar”, sobretudo porque, se tudo correr bem, você vai desistir da ideia de “se encontrar” porque vai se fascinar com outras coisas bem mais importantes na sua mente.

      Olha, você deve procurar um grupo, núcleo, centro ou sociedade de psicanálise que ofereça formação para “leigos” (essa palavra, segundo Freud, se refere a não médicos praticantes da psicanálise). Recomendo que leia o Texto de Freud em 1926 “A questão da análise leiga”, para se animar com o assunto, e perceber que a psicanálise não é subárea de conhecimento médico e nem psicológico, é uma área independente de formação, embora muitas escolas desprezem esse fato.

      Você vai perceber que muitas escolas de psicanálise exigem que o candidato seja médico ou psicólogo para cursarem a formação, e talvez aí esteja sua dificuldade, aliás, como foi a minha.

      Não conheço nada perto de Paraíba ou Pernambuco, mas sei que há a Sociedade Psicanalítica da Paraíba (http://www.sppb.com.br ) onde você pode fazer sua formação.

      Boa sorte e estou a disposição

      Curtir

  3. O fato de a psicanálise ser uma atividade independente, tanto da medicina quanto da psicologia, aliado ao fato de não ser uma profissão regulamentada, deixa o interessado livre para exercê-la independentemente de certificados, diplomas e formação. O interessado pode se valer do princípio constitucional da liberdade de profissão e atuar na área da psicanálise independentemente de qualquer crítica. Somente haverá restrição se a psicanálise vier a ser regulamentada, caso em que o profissional deverá se submeter à regulamentação.

    Curtir

  4. É como o jornalismo e a astrologia. Qualquer um pode exercer tais atividades, independentemente de qualquer formação ou diploma, porque também são profissões não regulamentadas.

    Curtir

  5. ola Luis só eu de novo, veja acabo de ver em um site uma noticia complicada que a meu ver acaba com o exercicio da psicanalise por não psicologos, pois não só praticamente fecha a SPOB que tem aquela questão do envolvimento com religião, mas tambem reconheci que a psicanalise é uma especialidade da psicologia e portanto só psicologos podem exerce-la, esta foi minha interpretação gostaria que vc desse sua opinião por favor, segue o link:

    http://trf-1.jusbrasil.com.br/noticias/112338528/psicanalise-nao-pode-ser-exercida-como-profissao-no-brasil

    Curtir

    1. Givanildo,

      A psicanálise nÃo é um especialidade da psicologia. O tal “art. 13, 1º da Lei 4.119/62” nem menciona a psicanálise, certo?
      A SPOB vem a muito tempo fazendo propaganda enganosa qto à curso de graduação e pós gradação sem a devida chancela do MEC e por isso esse rolo todo.
      E sobre cursos de formação leia esse texto meu, um pouco mais crítico https://sinapseoculta.wordpress.com/2014/03/20/como-escolher-um-curso-de-psicanalise/

      Obrigado e desculpe a demora na resposta

      Curtir

  6. olá luis, obrigado pelas informações,

    mas tenho uma questão:

    Não sendo o psicanalista nem psicologo e nem medico, cabe o termo de “Dr.”?, ou só que pode usar este titulo no caso são os medicos?, pois já vi psicanalistas que usam e outros não, o termo dr., existe um padrão?

    obrigado

    Curtir

    1. Givanildo,

      O termo “Dr.” é utilizado para chamar respeitosamente pessoas que tem um doutorado, que é um título bastante específico (pos graduação strictu sensu). Mas acontece que no Brasil, como uma herança histórica, acabou-se generalizando para todas as pessoas que se formam em direito e medicina. O Conselho Federal de Medicina proíbe um médico de se auto intitular de “Dr.” caso não tenha doutorado, o Conselho Federal de Psicologia tambem proíbe os psicólogos….
      Não faz sentido um psicanalista, ou qualquer pessoa, se intitular de Dr., a não ser que tenha doutorado… penso desta forma. Se a pessoa, sem doutorado, fizer questão de ser chamada de “Doutor” ou publicar seu nome assim, já é um mal sinal. Obrigado

      Curtir

  7. Olá!

    Meu nome é Bruno, tenho 28 anos, e sou formado em Publicidade e Propaganda.
    Trabalhei muito tempo em banco e algum tempo na área de publicidade, e percebi grande dificuldade nas pessoas de lidarem com o dia a dia, estresse, síndrome do pânico, entre outras dificuldades psíquicas.
    Desde então, me interesso pela área, já que sempre fui muito presente para essas pessoas em momentos de dificuldades e por gostar de auxiliar e ajudar as pessoas.

    Será muito tarde para iniciar um curso em Psicanálise, já que tenho 28 anos?
    Estou com receio de iniciar uma nova profissão com essa idade. Será tarde?

    O ingresso no mercado de trabalho é muito complicado? (Sei que nada é fácil, e isso ocorre em todas as áreas de formação).

    Sou de São Paulo. Tem algum centro que possa me indicar?

    Agradeço desde já a atenção!

    Abraços!

    Bruno Colette

    Curtir

    1. Bruno, é um prazer receber seu comentário.

      Acho que 28 anos é um ótima idade para começar um percurso em psicanálise e você já sentiu que tem um talento natural para acolher pessoas em momentos difíceis. Então, já é meio caminho andado.

      Recomendo que vá conhecer o Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae (http://www.sedes.org.br/Departamentos/Psicanalise/index.php?mpg=00.00.00) onde voce pode iniciar seu percurso de formação com gente muito boa e terá todo apoio nesse momento.

      Um boa sugestão que poderia dar é a seguinte: inicie seus estudos e análise pessoal mas mantenha uma atividade que te garanta a sobrevivência. Aos poucos, conforme você for ganhando segurança, pode ir migrando de área.

      Boa sorte! E um abraço!

      Curtido por 1 pessoa

  8. Sou graduada na área de humanas, mas não em psicologia, fazendo uma pós na área posso ter o CRP e ter meu consultório ou somente com a graduação?

    Curtir

  9. Olá,

    Sou graduada em direito e comecei a cursar psicologia.
    A universidade em que estudo oferece uma especialização em teoria psicanalítica.
    Com a especialização posso atuar como psicanalista em consultório próprio (mesmo antes de concluir psicologia) ?

    Muito obrigada!

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s