O verdadeiro Xou da Xuxa


Domingo, dia 20 de maio de 2012, Xuxa dá entrevista ao Fantástico da Rede Globo. Iluminação difusa, e o foco no rosto bem conservado de uma senhora de 50 anos.

Enquanto eu ouvia um discurso calmo, com frases bem colocadas e algumas pitadas de bom humor, pensava: O que será que vão postar no Facebook sobre isso? Como a mídia irá retribuir tal sinceridade? Afinal de contas Xuxa costuma ser uma espécie de ícone Kitsch dos anos 80, a culpada por emburrecer e sexualizar precocemente muitos de nós que estamos com 30 e poucos hoje.

Depois dessa entrevista a personagem Xuxa passa a ter profundidade e ganha uma dimensão humana (podem afirmar que isso foi jogada de marketing… tanto faz) sente uma espécie de dívida com as crianças do mundo inteiro, afirma que “gostaria que as crianças do mundo não sofressem mais”. Mas por que Xuxa torna-se humana? Porque, como em todos nós, correm hormônios e sangue em suas veias? Porque mostrou-se uma Xuxa introspectiva, emocionada e carente?

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s