Fim de ano, a profissão e a imagem do psicólogo


Em conversas de fim de ano com amigos e familiares o assunto profissão sempre aparece. Aí me disseram que eu tinha que dar um “up” na minha imagem no facebook, criar uma fanpage legal, com uma foto minha bem produzida, sorrindo, mostrando confiança… segundo ele: “mostrando que voce é um “”profissional diferenciado”” (cara, como odeio essa frase!) e postar frequentemente frases e fotos de psicologia.

Penso o seguinte

A psicologia/psicanálise que aprendo não cabe em frases de autoajuda ou frases de efeito e não acredito que uma pessoa, lendo algum post bonito e supostamente profundo, venha procurar meus serviços ( e se procurar, vai se decepcionar!). Além disso, a psicologia tão associada a “frases de efeito” faz justamente desqualificar a própria psicologia e o trabalho do psicólogo/psicanalista. Ficar citando frases, muitas vezes fora de contexto, me parece algo semelhante aos fiéis religiosos que citam versículos da bíblia para provar tudo e qualquer coisa. To cansado de ver a foto do Freud com frases que muitas vezes nem são dele…

Mas afinal, como o psicólogo/psicanalista pode ou deve divulgar seu trabalho?

Sejamos críticos! Cada vez mais.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s